Agra – inesquecível

Taj Mahal – Mahal quer dizer palácio e Taj quer dizer coroa
Taj Mahal – Mahal quer dizer palácio e Taj quer dizer coroa

Foi a mais linda
História de amor
Que me contaram
E agora eu vou contar
Do amor do príncipe
Shah-Jehan pela princesa
Mumtaz Mahal
Do amor do príncipe
Shah-Jehan pela princesa
Mumtaz Mahal…

Tê Tê Tê, Têtêretê
Tê Tê, Têtêretê
Tê Tê, Têtêretê
Tê Tê…

Quando eu vi o Taj Mahal foi a primeira coisa que lembrei, a música do Jorge Ben Jor (que conheceu a história bem antes de mim) tão linda e que não saiu da cabeça até eu deixar Agra. Agra tem duas coisas para se visitar: o Taj e o Agra Fort. Todo mundo sabe da história do Taj e eu só vou relembrar um trechinho. Se você não leu o blog de Fatehpur Sikkri onde tem a história da dinastia mongol e do império mongol, volte lá para saber.
Shah Jahan, neto de Akbar o Grande, herdou o império aos 36 anos. O império era grandioso, mas apenas quatro anos mais tarde, sua amada esposa Mumtaz Mahal morreu ao dar a luz ao seu décimo quarto filho (não é de se admirar). Ele entrou em luto profundo e ficou em retiro por um ano. Como expressão do seu amor mandou construir a magnífica tumba para ela. Foi um arquiteto persa que construiu em mármore branco e é considerada a joia da coroa do império mongol. Logo depois de terminada a construção, seu filho Aurangzeb destituiu Shah Jahan e colocou-o prisioneiro no Forte. Pelo resto dos seus dias ele conseguia ver sua criação (do Forte a vista do Taj também é linda) apenas pelo reflexo em um espelho. Quando morreu. Em 1666, ele foi enterrado ao lado de sua amada.
Nenhuma foto nossa faz jus a beleza do lugar principalmente porque pegamos um dia com fog e sem céu azul. Ainda assim é algo para se ver. A entrada é por um portão lindo, o Taj é completamente simétrico, as torres são inclinadas para fora para o caso de algum terremoto caírem para os lados e não estragaram o Taj. De cada lado tem uma mesquita tão linda quanto o Taj que é frequentada até hoje.

Portão de entrada para todo os jardins do Taj
Portão de entrada para todo os jardins do Taj
Mesmo portão visto de longe
Mesmo portão visto de longe
Vista lateral do Taj e ao fundo a mesquita
Vista lateral do Taj e ao fundo a mesquita
Vista da outra lateral com a outra mesquita ao fundo
Vista da outra lateral com a outra mesquita ao fundo
Tentando pegar uma imagem mais romântica
Tentando pegar uma imagem mais romântica
A imagem tradicional
A imagem tradicional
Outra imagem tradicional
Outra imagem tradicional
Eu sentada no mesmo banquinho em que Lady Di tirou a foto. Tive que derrubar uns quatro indianos para conseguir.
Eu sentada no mesmo banquinho em que Lady Di tirou a foto. Tive que derrubar uns quatro indianos para conseguir.
E valeu o que pagamos apesar de ser uma exploração. Fotografei porque tenho que jogar fora
E valeu o que pagamos apesar de ser uma exploração. Fotografei porque tenho que jogar fora

E depois de toda essa beleza, o Agra Fort, que é espetacular, ficou eclipsado apesar de ser um dos fortes com o melhor do que há em matéria de forte mongol. O forte é construído em pedra vinho no lado oposto ao Taj Mahal separados pelo rio Yamuna. A construção do forte foi iniciada pelo Grande Akbar em 1565. Com o tempo foram adicionando outras construções, inclusive por Shah Jahan que adorava mármore branco e usou o material ai também e transformou o forte em palácio. Foi aí que ele ficou oito anos preso depois de deposto.

Jehangir’s palace foi construído por Akbar para seu filho Jehangir. Mistura elementos da Ásia Central e da Índia e dos mongóis afegãos (origem do Babur)
Jehangir’s palace foi construído por Akbar para seu filho Jehangir. Mistura elementos da Ásia Central e da Índia e dos mongóis afegãos (origem do Babur)
Diwan-i-Am (Hall das Audiências Públicas) que Shah Jahan usava para negócios domésticos do governo e tem um trono onde o imperador ouvia as petições
Diwan-i-Am (Hall das Audiências Públicas) que Shah Jahan usava para negócios domésticos do governo e tem um trono onde o imperador ouvia as petições
A Moti Masjid (Mesquita de Pérola) que fica perto do trono
A Moti Masjid (Mesquita de Pérola) que fica perto do trono
Anguri Bagh, um jardim que foi restaurado e agora se assemelha ao que era na época de  Shah Jahan
Anguri Bagh, um jardim que foi restaurado e agora se assemelha ao que era na época de Shah Jahan
Musamman Burj e Khas Mahal foram o lugar onde Shah Jahn ficou preso até sua morte e de onde olhava o Taj Mahal – o túmulo da sua esposa
Musamman Burj e Khas Mahal foram o lugar onde Shah Jahn ficou preso até sua morte e de onde olhava o Taj Mahal – o túmulo da sua esposa

E na volta para Délhi, paramos no caminho para um chá. Não pude deixar de fotografar esse cozinheiro fazendo pão com o dedo enfaixado.

A cozinha já é bem limpinha
A cozinha já é bem limpinha
Reparem o dedo da mão direita
Reparem o dedo da mão direita

E de volta a Délhi, para o mesmo hotel da saída para parar e planejar a continuação

Anúncios

6 comentários sobre “Agra – inesquecível

  1. Agra eu confesso que não entendi até hoje, também graças a uma longa viagem de trem vindo de Varanasi que atrasou muito, passei só um dia na cidade. Quem sabe qundo estiver aí novamente daqui há 2 semanas, possa decifrar essa cidade, onde os riquixás levam agente só onde eles querem!rs
    Muito bacana essas dicas, chego por Mumbai e vou direto naquele mercadinho que vcs acharam…Feliz Ano Novo!
    Por onde vcs andam?

    1. vcteixeira

      Oi Flávia,
      Agora estamos em Varanasi até amanhã e daqui vamos para BodhGaya. O blog está sempre atrasado porque o tempo é curto e nem sempre temos internet. Mas sempre que posso vou atualizando tudo: as informações, os gastos, os roteiros. Estaremos em Mumbai dia 20.01.2013 porque teremos que sair por lá. Quem sabe a gente se encontra. Feliz Ano Novo também para você. Adorei seu blog. Boa viagem.

  2. Anônimo

    É linda esta história, e inacreditável está obra de arte. Às vêzes nem acredito que um dia eu também estive aí. Bjs

  3. Wilde A Campos

    Dá pra entender a tua empolgação com Agra e com o Taj Mahal. Lindo de se ver, realmente encantador e acho que, inesquecível para quem como vocês tiveram o prazer de admirá-lo assim de pertinho. Bjs.

  4. Adra

    Amiga, leio toooodos os seus posts, mas muitas vezes seria mais fácil um “like”, pela vida corrida q vc já conhece. Mostro pra tooodo mundo. Orgulho de vc estar realizando este sonho e de ter esse pique todo ( kraleo!!). Bjs

    1. vcteixeira

      Que bom. Fico feliz que alguém além da família esteja se divertindo com os meus escritos. Vejo que você também anda passeando muito. Feliz Ano Novo. Que esse seja melhor. Bjus saudosos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s