Informações práticas – Vietnã

O Vietnã é um país bonito, cheio de natureza, praias bonitas e lugares históricos. Não é caro. Estadia e alimentação são baratas para os padrões brasileiros / europeus. Infelizmente a quantidade de reclamação de roubos, grosserias e exploração de turistas está sujando um pouco a imagem do local. Não é como o resto da Ásia onde você anda despreocupado. Foi a primeira vez que ouvimos falar em roubos nas ruas e em hotéis. As enganações são constantes, eles vendem o que não tem, não entregam e quando você vai reclamar te expulsam do lugar, do ônibus, do hotel, do restaurante. Quando vamos viajar é um horror, o motorista grita, empurra, ameaça. O tratamento é pior do que para animal. Só com os turistas. Com os da terra a coisa é mais simpática. É um país em que não voltaremos porque as lembranças ruins ultrapassam as boas. E cá entre nós, a Tailândia é muito mais bonita. Antes de ir lemos muitas coisas ruins a respeito do país e com o tempo percebemos que tudo era verdade. Cada coisa ruim que lemos vimos acontecer conosco ou com outros.

Moeda
Dong – VND – Vietnamese Dong
Nessa data: US$ 1 compra 20.850 VND

Atenção
Para cada saque feito no cartão de débito, o banco cobra US$ 3 (55.000 dong) então tente sacar o máximo que são dois milhões de Dong. Isso varia de banco para banco. A tarifa você só é avisado pelo recibo no final, o valor quando você pede o saque. Se achar algum banco que permite saques maiores, é melhor.

Eletricidade
220V-230V / 50 Hz
Tomada pinos redondos iguais aos nossos antigos e com pinos americanos. Bom trazer adaptador para tirar o pino terra.

Comida
Até agora achamos tudo mais barato que o Brasil. Nos supermercados, nos restaurantes e nas ruas tudo tem preço então não tem como ser enganado. Na aba Informações / Gastos tem a planilha dos nossos gastos inclusive no supermercado. Nos restaurantes, em geral, comemos por US$ 7 os dois com cerveja ou refrigerante. Nada muito sofisticado. Na rua, que é confiável e dá para comer gastamos US$ 6 ou menos. A comida não é apimentada, é temperada para nosso gosto. O prato principal para café almoço e jantar é Pho que é uma sopa de macarrão. Tem alguns bons e eu sempre chamo de sopa de água porque é ralinha. Não tem a variedade da Tailândia.

Transporte entre cidades
Todos os hotéis dos lugares turísticos vendem passagens de ônibus, avião, pacotes. Se você está nas áreas turísticas não tem que se preocupar em achar e sim em escolher. É difícil saber quem será a operadora, mas se puder compre sempre na operadora. A diferença de preços é mínima. É escolher um lugar, negociar um desconto e comprar. Aqui continua o jeito asiático de vender o pacote: eles te entregam um voucher dizendo até onde você vai. Vem a pessoa do pick-up e te leva até a rodoviária ou até a operadora. Lá ele te entrega a passagem do ônibus ou te direciona para o guichê. Você tem que confiar porque conosco sempre deu certo mesmo o stress sendo grande. Achamos mais complicado no Vietnã viajar por nossa conta porque não tínhamos tempo para ficar procurando rodoviária e os ônibus locais são mais terríveis ainda que os privados. Não andamos de trem por falta de conhecimento.

Transporte nas cidades
No Vietnã não existe tuk-tuk Só táxi e eles são tão espertos quanto os taxistas do Brasil: alteram taxímetro, deixam mais rápido, fazem de tudo. Em algumas cidades turísticas existe o riquixá de bicicleta para apenas uma pessoa. Os ônibus locais também são bons. Usamos em Saigon e gostamos. Tem ar condicionado, custa US$ 0,30 (6.000 dongs) e é tranquilo. Usamos em Nha Trang e também foi ótimo.

Segurança
Não é como os países anteriores. Redobramos os cuidados porque vimos e ouvimos falar de muitos assaltos. Não é como no Brasil porque aqui eles não tem armas, mas são muito rápidos. Infelizmente as pessoas que ouvimos também não tiveram ajuda da polícia. A polícia não fala inglês e não está muito preocupada em te ajudar. Também tome cuidado com os contratos (passagens, hotéis, etc). Peça sempre o nome das pessoas, escreva, não vacile e nem confie. Distraiu eles te passam para trás. Quanto a andar pelos lugares não tivemos problema algum até agora.

Dicas
– todos os hotéis querem ficar com o seu passaporte. Não deixe. Tivemos alguns relatos de hotéis que querem cobrar a mais do que o combinado e usam o passaporte como moeda de negociação
– atravessar a rua em qualquer cidade do Vietnã requer muita paciência, coragem e visão. Não acredite nos faróis, não corra e nem faça movimentos súbitos. Enfrente com firmeza e determinação. Eles não tentam te atropelar. Não existem leis de trânsito então não acredite em faróis.
– jamais acredite nas respostas deles. Eles não entendem bem inglês e concordam com tudo. Escreva, desenhe, faça repetir caso contrário você pode achar que está tudo certo e perder o ônibus, pagar mais no hotel ou coisas do tipo.
– cada hotel e cada agência de turismo tem 30 milhões de clones. Certifique-se sempre que é o original pelo site e pelo endereço. Sinh Cafe, por exemplo, vimos uns 200 e todos falsos. Aqui não tem leis de proteção de nome então o pessoal pode copiar. Acontece mais em Hanoi do que em Saigon.
– eles adoram música muito alta, acostume-se ou ande com sua própria música
– aprenda a atravessar as ruas: não corra, não faça movimentos bruscos e avise para onde está indo (sinalize com o braço), respire fundo e vá. Se puder, vá junto com algum local porque eles têm as manhas
– todos os negócios no Vietnã abrem de dentro para fora. Como são negócios familiares eles moram no local, acordam e abrem. Os hotéis também são assim então vale a pena tentar acordar o povo se você precisa muito.

Visto para o Vietnã
Pegamos em Bangkok na embaixada do Vietnã. Não é complicado. Leve foto de passaporte, leve uma caneta para preencher o formulário que é simples. Eles só aceitam Bahts (moeda da Tailândia). Pagamos US$ 87 / 5.000 baths e pegamos no dia seguinte.
Embaixada
83/1 Wireless Rd., Pathumwan, Bangkok
Desça no BTS Phloen Chit Station

Ho Chi Minh / Saigon
Saigon é imperdível tanto pela história como por ser o centro comercial e maior cidade do Vietnã. Nós que somos de São Paulo e já estamos acostumados ao trânsito caótico e ao barulho não estranhamos. A cidade é bonita, quase ocidental e oferece de tudo. É ponto de partida para conhecer o Delta do Mekong, os túneis dos vietcongs e para ir para as outras cidades turísticas do país.

Como chegamos
Viemos Phnom Penh / Camboja
Compramos a passagem em frente ao nosso hotel em Phnom Penh. A empresa chama-se Khai Nam Transportation Camboja Co. Ltda. E eu não recomendo. Leia o post de HCMC e o perrengue . Eles adoram uma música alta no ônibus e colocam karaokê para que o pessoal possa cantar. É surreal.
US$ 9

Como saímos
Para Mui Ne.
Compramos uma passagem chamada Open Bus Ticket. Você escolhe as cidades que quer passar e paga um valor total. Tem um mês para usar a passagem. Escolhemos Saigon – Mui Ne – Nha Trang – Hoi An – Hue – Hanoi.
Pela empresa Tam Hahn: http://tamhanhtravel.com/home/passenger-transport/
Não recomendo o open bus. Você fica amarrado aos lugares e a empresa. É melhor ir comprando os trechos conforme a necessidade. Qualquer agência vende passagens, não é complicado. Escolhemos o Open Bus por achar que seria mais turístico. Os ônibus chegam e saem dos escritórios deles que sempre ficam perto da área turística.Caso opte pelo Open Bus, pesquise também o Sinh Tourist – https://www.thesinhtourist.vn/Default.aspx – porque os escritórios eram sempre melhor localizados e o valor no nosso caso seria US$ 45. Um ou outro não recomendo. As empresas não tem ônibus para todo o percurso e te jogam para outras companhias. É um show de horror. Empurram os turistas, gritam com você, transportam mercadoria ilegal. Andar de ônibus no Vietnã já é horrível mas se você fica preso é pior ainda. Não use.
Pagamos US$ 39 / 780.000 VND

Hotel
Guest House 4 Boys
Hotel novinho, recém-inaugurado com TV LCD, cabo e canais em inglês, wi-fi no quarto, frigo bar, banheiro seco com box e água quente. O único defeito era a grande luminosidade que acordava a gente cedo. Tocado por uma família muito culta e solícita. Ajudaram-nos com tudo o que precisamos. Adoramos.
241/22 Pham Ngu Lao St., Phan Ngu Lao Ward, District 1 – uma travessa da Bui Vien no número 104
84.8 38365908
Email: guesthouse.4boys@gmail.com
US$ 17 / 346.600 VND

Mekong Delta – Can Tho
Hotel: KSNH Hoa Phuong
Hotel simples com TV e wi-fi. Muito longe do rio e da área de turistas e restaurantes.
12, 14, 16 Tran Phu
Us$ 19 / 380.000 VND

Entradas para as atrações
War Remnants Museum – são três andares e nos tomou mais de três horas porque tem que ler muito. São fotos, exposições, tudo sobre os crimes de guerra dos franceses e americanos contra o Vietnã. É muito bom para conhecer a história do ponto de vista do dominado. Se você não tem tempo ou não gosta do assunto pode pular. Nós gostamos muito. É barato.
US$ 0,75 / 15.000 VND

Movimentar-se na cidade
Táxi – não usamos. Fizemos quase tudo a pé.
Para ir até Chinatown ver as pagodas tomamos o Ônibus 56. Bom, vazio e com AC. Pegamos na rua paralela a Bui Vien. Pode pegar do mercado também.
US$ 0,30 / 6.000 VND

Dicas
– o lugar para ficar é o District 1 conhecido como área dos mochileiros. Tem um hotel / guest house atrás do outro, é melhor para negociar preços e é perto de tudo o que é oferecido para turistas: mercados, cafés e restaurantes. A rua principal é a Bui Vien e todas as travessinhas dela. Não se assuste com as travessas porque tem guest houses muito boas.

Passeios
Fizemos dois passeios pela agência Tuan Travel
32 Bui Vien St. District 1
www.tuantravelvietnam.com

Cu Chi Tunnels – eu totalmente recomendo. É turístico, passam em lojinhas pelo caminho, mas não tem como não ir ver como os vietcongs lutaram contra os americanos. É um banho de história e persistência. Você pode aproveitar e atirar com um AK47 ou MI16 por US$ 1 para 10 balas.
Tour: US$ 4 / 84.000 VND
Entrada: US$ 4,5 / 90.000 VND

Mekong Delta – também é turístico, passam em várias lojinhas e de verdade só tem duas atrações nos dois dias: fábrica de macarrão de arroz e o mercado flutuante. Reze para pegar um guia bom porque ai o passeio fica interessante. Andamos seguindo outros guias e gostamos. Não se iluda com os propagados dois dias de viagem porque tudo se resume a umas 4 horas de passeio útil.
US$ 19 / 380.000 VND

Mui Ne
Entre a vila de pescadores de Mui Ne e a cidade de Phan Thiet, há 11 km de praias, acompanhada pela rodovia Rte 750 (também chamada de Nguyen Dinh Chieu), que é onde tudo acontece, cheia restaurantes, bares, lojinhas, hotel, pousadas e resorts enormes, muitos feitos para receber os muitos Russos e Chineses que vem para cá. É tanto que tudo está escrito em vietnamita e russo. É tranquilo, o paraíso do kite surf e a praia é larga e bonita. Adoramos.

Como chegamos
Viemos de Saigon / HCMC.
Ônibus normal. Viagem tranquila, confortável. Atrasou 2:00

Como saímos
Para Nha Trang
Com nosso Open Bus, dessa vez de ônibus leito. Pegamos no escritório de Mui Ne, ao lado do nosso hotel, com lugar marcado. Viagem tranquila, confortável. Atrasou 1:30. Saímos 1:00 e chegamos 19:30.

Hotel
Song Huong Hotel
Quarto grande, limpo, limpavam todo dia e trocavam as toalhas, banheiro molhado com água quente, TV com canais em inglês, wi-fi no quarto, frigo bar. Ficamos três dias. Não vimos alma viva na portaria ou na agência de turismo. Sem problemas, mas sem ajuda. http://www.songhuonghotel.com/Aboutus.aspx
Fica na rodovia Rte 706 (Nguyen Dinh Chieu).
241 da rodovia Nguyen Dinh Chieu, como referência é na frente do Dynasty Resort
US$ 12 / 240.000 VND

Outras opções
Mai Am II – de frente para o mar, gracioso, não vimos os quartos porque estavam lotados mas disseram que eram completos.
259 Nguyen Dinh Chieu, Ham Tienn, Mui Ne, Phan Thiet
062 3 743 647
Email: guesthousemaiam@gmail.com
Frente para o mar, café da manhã incluído
US$ 30 / 600.000 VND

Hung Minh
172 Nguyen Dinh Chieu, Ham Tienn, Mui Ne, Phan Thiet
062 3847527 Celular: 0163.2818535
Hotel para ficar por longos períodos
US$ / VND o mês

Movimentar-se na cidade
A pé porque não é longe ou alugue uma bicicleta. Moto eu não aconselho porque para dirigir no Vietnã você tem que ter a habilitação deles. Caso seja pego a multa é alta e eles recolhem a moto. Existem dois tipos de ônibus: do município e do
Custam VND e vão até as dunas douradas, a vila dos pescadores e o centro do agito que fica do número 0 a 100 da Nguyen Dinh Chieu

Passeios
Sta Travel (Victor Tourist Company)
245 Nguyen Dinh Chieu, Ham Tienn, Mui Ne, Phan Thiet
062 3743 179
Quase em frente ao Dinasty Resort. Perto do nosso hotel.
Compramos nosso passeio de Mui Ne em Jeep de guerra (dunas brancas, dunas amarelas, vila dos Pescadores e Fairy Stream) aqui. Passaram no horário e tudo funcionou a contento.
US$ 10 / 200.000

Dicas
– o lugar para ficar é na Nguyen Dinh Chieu entre o número 0 e 100. É aí que tudo acontece
– os hotéis, resorts e guest houses que ficam em frente ao mar dificultam quem está do outro lado da rua a entrar na praia. Às vezes você terá que andar um trecho grande para achar uma brecha
– se não quiser pagar o passeio das dunas, pode pegar o ônibus de linha. Esse ônibus vai até as dunas douradas, a vila dos pescadores e o Fairy Stream
– se não ficar entre o número 0 e 100 da rodovia, vá pelo menos um dia até lá para ver a quantidade de gente praticando kite surfing. Fica lindo.

Nha Trang
Nha Trang é uma cidade de praia. É o destino praia dos turistas e dos locais. Cidade média, com todas as comodidades para turistas. Praia é o principal. Na temporada é invadida por russos e tudo fica mais caro. Cardápios e agências de turismo anunciam tudo em russo. A praia é grande e larga. Adoramos. Ficamos um dia a mais. Alguns lugares turísticos que podem ser vistos em um dia.

Como chegamos
Viemos de Mui Ne.
Com nosso Open Bus, dessa vez de ônibus leito. Pegamos no escritório de Mui Ne com lugar marcado. Viagem tranquila, confortável. Atrasou 1:30. Saímos 1:00 e chegamos 19:30.

Como saímos
Para Hoi An. No Open Bus. Nessa altura mudaram a empresa responsável. A viagem foi um show de horrores. Lotaram todos os assentos e colocaram mais 20 vietnamitas sentados no chão do ônibus. Não forneceram cobertor ou água. Foram 14 horas de viagem sem parada para toalete ou lanche. Pararam para carregar mais o ônibus. Colocaram umas 30 caixas pelo abertura no topo do ônibus e mais três motos no bagageiro. Além dos frangos vivos que já estavam lá. Quando tentamos falar com o motorista ele gritou com a gente, nos empurrou. Quebraram nossas bagagens.

Hotel
Bali Hotel
Hotel muito bom com TV LCD e canais em inglês, wi-fi excelente no quarto, frigo bar, banheira, água quente, fornecem escova e pasta de dente, sabonete e papel higiênico. Tem uma chaleira elétrica no quarto. Cama grande, limpo, recepção 24 horas. Bem localizado no local mais turístico da cidade e dois quarteirões da praia.
www.balihotel.vn
6P Hung Vuong St.
058 3523.123 3525.124
US$ 15 / 300.000 VND (baixa temporada)

Entradas para as atrações
Po Nagar Cham Towers – não é nenhum lugar obrigatório mas se você tiver tempo vale a pena ir ver porque é bonito. Nada especial. Antigo, do século 8.
US$ 1 / 21.000 VND

Movimentar-se na cidade
Táxis aqui são caros e não querem usar o taxímetro. Deveria ser 10.000 VND a bandeirada e 11.000 VND a cada km percorrido. Não conseguimos nenhuma vez.
Também tem mototáxis por US$ 1 e riquixá de bicicleta por US$ 1.

Dicas
– use o ônibus para se movimentar na cidade. Número 04, US$ 0,25 / 5.000 VND. Pegamos na Tran Quang Khal. Ele passa pela Po Nagar Cham Towers, pelo Cau Da (lugar de onde saem os barcos de passeios pelas ilhas), VinPearl (o parque de diversões aquáticas / hotel / campo de golfe), pelo Dam Market, pela Basílica.
– o lugar para ficar é entre as ruas: Tran Phu Street (avenida da praia), Tue Tinh Street, NGuyen Thien Thuat Street e NGuyen Thi Minh Khai Street, é ali onde tudo acontece, cheio de guest houses, restaurantes e agências.
– caso seu hotel não seja de frente para a praia, use os serviços da Lousiane Brewhouse. Se você consumir no bar / restaurante, sem valor fixo, pode usar gratuitamente toda infra estrutura do lugar, inclusive a piscina. Se não quiser consumir, pode alugar uma espreguiçadeira na praia, pagando U$1,70 para o dia todo ou fazer massagem de 1 hora, por U$ 5. Tudo isso ali, no mesmo lugar.
Endereço: 29, Tran Phu, na avenida que beira a praia.

Hoi An
Fica na área central do Vietnã e nas margens do Rio Thu Bon. É uma cidade histórica que teve influência japonesa e chinesa. O centro velho é muito gracioso, tem casas típicas chinesas do século 16 e tudo o que o turista precisa. Nós adoramos porque a cidade é tranquila, não muito cara e tem até praia (a 4 km). Também é conhecida como a cidade dos alfaiates. Você pode fazer roupas lindíssimas a preços inacreditáveis. E de um dia para outro. Vale a pena a visita para ver uma cidade diferente.

Como chegamos
Viemos de Nha Trang. No Open Bus. Nessa altura mudaram a empresa responsável. A viagem foi um show de horrores. Lotaram todos os assentos e colocaram mais 20 vietnamitas sentados no chão do ônibus. Não forneceram cobertor ou água. Foram 14 horas de viagem sem parada para toalete ou lanche. Pararam para carregar mais o ônibus. Colocaram umas 30 caixas pelo abertura no topo do ônibus e mais três motos no bagageiro. Além dos frangos vivos que já estavam lá. Quando tentamos falar com o motorista ele gritou com a gente, nos empurrou. Quebraram nossas bagagens.

Como saímos
Vamos para Hue. Usando a passagem do open bus, pegamos um ônibus leito. Foi uma viagem tranquila sem paradas suspeitas. Fizeram pickup no hotel às 14:00 e chegamos em Hue às 17:00. Nenhum luxo, nada de água prometida, uma parada para banheiro.

Hotel
Lucky House Hotel
Hotel muito simpático, 15 minutos do Riverside, com AC, ventilador, banheiro seco com água quente e chuveiro (melhor até agora no Vietnã), frigo bar, TV LCD com canais em inglês, wi-fi no quarto e muito bom. Cama maravilhosa grande e macia na medida certa. Limpo e equipe muito útil. Fornecem toalhas, papel higiênico, sabonete e escovas de dente. Tem tudo perto. Alugam bicicletas a US$ 1. O dono nos indicou restaurantes excelentes. Os melhores de Hoi An. Adoramos.
622, Hai Ba Trung
www.luckyhotelhoian.com
luckyhoian@gmail.com
US$ 17 / 350.000 VND

Passeios
Fomos até a praia de Cau Dai que fica a 4 kms. Alugamos uma bicicleta e almoçamos por lá. Tem vários quiosques na praia onde você pode almoçar em dois por menos de US$ 10 e ficar nas espreguiçadeiras. Alugamos ao lado do nosso hotel, lado direito. Muito boa as bicicletas. Não tivemos problemas.
Aluguel da bicicleta; US$ 1 / 20.000 VND para o dia todo.

Entradas para as atrações
Em qualquer das atrações da cidade você pode comprar um ticket único para todas. Dá acesso a todas as casas, pagodas, ponte japonesa. São 16 atrações.
US$ 6 / 120.000 VND

Onde comer
Bale Well – restaurante local mas acostumado com turistas. Preço fixo para um “tudo o que conseguir comer” com comidas típicas da região.
51 Trần Hưng Đạo, Hội An, Quang Nam province, Vietnam
Fone:+84 510 3864 443
US$ 4.5 / 90.000 VND

Dicas
– O lugar para ficar é nas ruas Hai Ba Trung, Ba Trieu, tem várias opções de hotéis bons e baratos. Se não se importar em ficar mais longe da cidade velha os hotéis vão ficando mais baratos.
– a cidade é plana e o que interessa fica perto. Ande ou alugue uma bicicleta. Não deixe de sair a noite para ver a cidade iluminada de lanternas de seda
– achamos o supermercado mais barato do Vietnã até agora: Mini Mart na Toan, R. Ly Thoong Kiet 177 e tem de tudo.
– Hoi An tem alguns pratos típicos que é bom experimentar: Cao Lao (sopa com macarrão e carne de porco), chicken rice (arroz com frango), white rose (panqueca de camarão).

Hue
É uma cidade grande e que tem como atração a Cidade Imperial, algumas pagodas e as tumbas dos imperadores que passaram por aqui nas 13 dinastias que durou o império Nguyen. É uma cidade bonita, limpa, tem mercados mas não merece mais que dois dias. É o ponto de parada de Hoi An para Hanói.

Como chegamos
Viemos de Hoi An. Usando a passagem do open bus, pegamos um ônibus leito. Foi uma viagem tranquila sem paradas suspeitas. Fizeram pickup no hotel às 14:00 e chegamos em Hue às 17:00. Nenhum luxo, nada de água prometida, uma parada para banheiro.

Como saímos
Vamos para Hanoi.
Desistimos do Open Ticket porque quando fomos marcar na agência fomos extremamente maltratados. O lugar era uma boca de porco e tivemos medo pela nossa segurança. Compramos outra passagem.

Hotel
Google Hotel – Thanh Xuan Hotel
26, 28 Tran Cao Van
054.3837468
Hotel tranquilo, bem localizado, perto dos restaurantes, outros hotéis, 30 minutos de caminhada até o mercado central, o mercado noturno e 40 minutos de caminhada até a Cidade Imperial. Quarto grande com banheiro muito bom com box e água quente, frigo bar, TV normal com canais em inglês, café da manhã incluído e muito bom, uma cerveja grátis no happy hour, chá e frutas na chegada, AC, janela, boa iluminação.
US$ 14 / 280.000 VND

Passeios
Fizemos alguns passeios a pé. Fomos até o mercado do outro lado do Rio Perfume. Não gostamos porque é mais um mercado da Ásia. Tem de tudo. De roupas a eletrônicos, comidas, jóias, sapatos. Tudo mesmo num espaço pequeno e difícil de andar.
Fomos conhecer a Notre Dame Cathedral. É diferente mas só vá se tiver tempo.
Andamos até o outro lado do rio para conhecer duas pagodas Bao Quoc Pagoda e Tu Dam Pagoda. As duas muito bonitas, chinesas, antigas. As duas fechadas. Na primeira conseguimos entrar pelos fundos. Se tiver tempo vale a caminhada.

Entradas para as atrações
Imperial City – se você chegou em Hue não pode perder essa atração. Não porque seja maravilhosa mas porque é o ponto alto da cidade. Vá preparado com bastante água e vontade de andar. Tem muitos prédios fechados para restauração e muito do que foi a cidade foi destruída nas guerras. Ainda assim recomendo.
US$ 4 / 80.000 VND

Dicas
– não planeje muitos dias aqui
– não vimos as tumbas dos imperadores porque custava o mesmo preço da Cidade Imperial (US$ 4 / 80.000 VND) cada uma e mais o transporte porque ficam longe.

Hanoi
Capital do Vietnã e imperdível porque daqui saem os passeios para Halong Bay, Tam Coc e Sapa. É uma cidade mais cara, caótica, o centro velho é difícil de andar. Você tem que dividir a calçada com motos, vendedores e mais turistas. Tem bastante atrações turísticas. Não achei nada muito excepcional, mas é uma cidade que merece a visita.

Como chegamos
Viemos de Hue. Desistimos do Open Bus e compramos uma passagem pela Sinh Tourist. Foi bem melhor, ônibus quase vazio, tranquilo, parada para toalete, nenhum problema. Dormimos a noite toda. Chegamos ao escritório deles, bem no centro velho e lugar mais turístico de Hanoi sem qualquer problema. Custou US$ 17.

Como saímos
Vamos para Hong Kong de avião.

Hotel
Hotel Hibiscus
52 Ngo Huyen Str., Hoan Kiem Dist.
www.hanoihibiscushotel.com
Hotel tranquilo, bem localizado, perto dos restaurantes, outros hotéis, perto da Catedral de St. Joseph, 10 minutos do lago. AC, TV LCD com canais em inglês, wi-fi no quarto e muito bom, frigo bar, banheiro com box e água quente a vontade. Fornecem talhas, papel higiênico, sabonete, escova de dente, pente, toquinha. Café da manhã a US$ 3. Quarto grande, cama boa. Novinho e bem decorado. Fornecem toalhas, papel higiênico, sabonete, escova de dente, pente, toquinha. Café da manhã a US$ 3. Quarto grande, cama boa. Novinho e bem decorado. Limpo. Gostamos muito e recomendamos. Equipe muito boa e cooperativa.
US$ 18,50 / 370.000 VND

Hanoi Victor Hotel
24 Ly Qoc Su, Hoan Kiem Dist
(04) 3825 7363
hanoivictorhotel@gmail.com
Quarto grande com AC, TV com canais em inglês, wi-fi no quarto, banheiro com banheira e água quente 24 horas, fornecem toalhas, sabonete, papel higiênico, escovas de dente. Varanda grande com vista para a rua. Café da manhã simples. Limpo e organizado. Pessoal muito simpático e eficiente. Indicamos. Perto da Catedral,  do Lago e a uns 15 minutos do Old Quarter. O shuttle que vai para o aeroporto também fica a uns dois minutos andando.
US$ 16 / 315.000 VND

Tu Linh Palace II
www.tulinhpalacehotel.com
86 Ma May Str,  Hoan Kiem Dist.
– Não ficamos mas gostamos muito quando estávamos pesquisando. Tinha TV, frigo bar, wi-fi, AC, elevador  e café da manhã
US$ 20 / 420.000 VND

Passeios
Fizemos todos os passeios a pé, mas existe riquixá de bicicleta que cobra US$ 5 / 100.000 VND por hora. A cidade velha é fácil fazer todo o trajeto a pé. O lago, a catedral, a Ópera também.

Entradas para as atrações
Ho Lo Prison Musem – não entramos
US$ 1 / 20.000 VND

Fine Arts Musem – não entramos
US$ 1 / 20.000 VND

Military History Museum – só visitamos ao redor
US$ 1,5 / 30.000 VND

Templo da Literatura – não conseguimos visitar porque o dinheiro acabou no último dia.
US$ 1 / 20.000 VND

Thanlong Water Puppet Theatre – adoramos e recomendamos. É um espetáculo onde os artistas ficam atrás da cortina e dentro d´água manuseando uns bonecos muito típicos e engraçados. É para turista mas é muito bem feito. Dura uns 40 minutos e na saída você pode tirar foto das marionetes antigas e bonitas. Música ao vivo, narrado em vietnamita mas com tradução nos telões.
assentos do fundo: US$ 3 / 60.000 VND
assentos mais na frente: US$ 5 / 100.000 VND

Dicas
– nós ficamos na cidade velha e depois perto do lago. Gostamos mais da região perto da catedral porque é mais tranquilo, tem mais hotéis e você pode conseguir preços melhores. E não fica tão longe dos pontos turísticos, fica mais perto da estação ferroviária e perto do shuttle para o aeroporto. Parece a KaoSan Road de Bangkok.
– se for visitar o Mausoléu do Ho Chi Minh vá com paciência. É difícil chegar, tem que andar muito e as filas são quilométricas. Ele é adorado então é lugar de peregrinação.
– muito cuidado com os hotéis e agências de turismo falsas. Confira sempre o site, o endereço e o número. Eles podem ter 5 hotéis com o mesmo nome e você cai no errado que geralmente é pior que o original.
– você pode ir para o aeroporto de duas formas: táxi partindo do seu hotel que custa US$ 15 ou shuttle que sai da esquina da Quang Trung com a Trang Thi e custa US$ 2 por pessoa. Número 2 da Quant Trung oposto a Vietnam Airlines. A van sai em todas as horas cheias.
– perto do shuttle também ficam os táxis que cobram 230K VND, mas aceitam barganhar (Airport Taxi – 04.3866.6666)
– achamos um supermercado muito bom chamado Fivimart. 27A Ly THai To. Do mesmo lado do lago onde fica a ponte japonesa e a estátua de Ly Thai To.

Halong Bay
É o símbolo do VIetnã. Vir para cá e não ir para Halong Bay é sair sem ver o cartão postal do país. Tudo bem, a água é suja, a quantidade de turistas e barcos é horrorosa, os golpes são muitos e de todos os tipos mas é imperdível. A paisagem é um sonho.

Como chegamos
Já disse algumas vezes que não gostamos de tours mas com a pressa e a dificuldade em ir sozinhos não tivemos jeito. Pesquisamos umas 10 agências porque o relato de golpes e esquemas são tantos e tão desagradáveis e o preço é tão alto (padrões Ásia) que só tivemos certeza que tudo tinha corrido bem quando voltamos.
Antes de irmos para Halong Bay e Sapa fizemos pesquisa em todas as operadoras indicadas pelo Lonely Planet: Compramos nosso tour direto de uma operadora que a TheSinh Tourist também usa.

Ocean Tours
www.oceantours.com.vn
Ha Long Bay (2 dias, 1 noite no barco) – US$ 126
Sapa (2 dias, 3 noites) – US$ 155

Vega Travel
www.vegatravel.vn
Ha Long Bay (2 dias, 1 noite no barco) – US$ 96
Sapa (2 dias, 3 noites) – US$ 130

Queen Travel
www.queentravel.vn
Ha Long Bay (2 dias, 1 noite no barco) – US$ 99
Sapa (2 dias, 3 noites) – US$ 135

E a que escolhemos, cumpriram todo o prometido, barco de cruzeiro muito bom, comida excelente, passeios bons e guia ótimo. TheSinh Tourist  usa essa operadora. Barco era o Elizabeth Sail.
Khan Sinh International Tourism
http://www.khanhsinh.com/
Contato: Ms. Lisa / Ms Vien : 0914603058
US$ 68 / 1428 K VND

Sapa
É outro lugar imperdível. Também tem horas de turistas, tudo é feito para o turista, as tribos são espetáculos para os turistas e extremamente comerciais mas a paisagem é magnífica. Principalmente entre maio e setembro. Os terraços de arroz cortados nas montanhas verdinhas é uma visão inesquecível. Tentamos ir por nossa conta, mas as passagens só estariam disponíveis a partir da data da nossa ida para Hong Kong.

Como Chegamos
Compramos um tour pela TheSinh Tourist e totalmente recomendamos. Fomos em um trem muito bom chamado Hara, saiu no horário na ida e na volta e chegou no horário. Soft sleeper (quatro camas e AC, cabine com porta e tranca, cobertor, travesseiro, cama já pronta e uma garrafa de água por passageiro). Carro pequeno com apenas turistas, banheiro com papel higiênico e limpo. Dois banheiros no carro. O hotel em Sapa muito bom classificado como duas estrelas, mas eu diria 3 tranquilamente. Passeios descritos foram cumpridos, entradas já pagas por eles. Tudo conforme o programa e o prometido o que é uma coisa única para o Vietnã.

TheSinh Tourist
http://www.thesinhtourist.vn
52 Luong Ngoc Quyen St. (confira sempre o site porque pode ter mudado e tem muitas cópias falsas)
Hoan Kiem District, Há Noi
Ou
64 Tran Nhat Duat St, Há Noi

Hotel
Chau Long Sapa Hotel
024 Dong Loi Sapa Lao Cai
www.chaulonghotel.com.vn
Hotel muito bom eu diria três estrelas apesar de estar classificado como uma estrela. Quarto grande, espaçoso, cama grande, banheiro seco, água quente 24 horas, todas as amenidades mais chaleira elétrica com chá, café, AC, TV com canais em inglês, wi-fi em todos os lugares e rápido. Toalhas fofas e limpíssimas. Equipe toda uniformizada e extremamente educada e cooperativa. A melhor coisa do hotel é uma sala de espera com banheiro, chuveiro e toalhas para quando você não pode fazer o check-in ou já fez o check-out. Também tem armazenamento das bangagens. Café da manhã no hotel custa US$ 11.
Fazia parte do nosso tour. O preço da tabela deles era US$ 43 / 848K VND

Passeios
Ham Rong – uma subida íngreme que dá vista para a cidade. Não fomos porque cansamos muito com os outros passeios. Disseram ser muito bonito.
US$ 3 / 60.000 VND

Trilha até a vila Cat Cat – se você chegou a Sapa e não vai fazer trilhas por sua conta essa tem que ser feita. Não é uma trilha muito difícil, é extremamente turística, com um show de dança turístico e muito bem feito e algumas coisas interessantes além da vista sempre linda. É onde moram os Mongs.
US$ 2 / 40.000 VND

Lao Chai / Ta Van – trilha mais difícil e muito mais bonita você passa no meio dos terraços de arroz. São 10 quilômetros de caminhada com certa dificuldade. Vá de sapatos para caminhada, leve água e seu lanche. A parada no restaurante deles d para os fortes e é preço único. Você vai ser perseguido pelas minorias o caminho todo. Seja duro ou terá que pagar ou comprar várias lembrancinhas.
US$ 2 / 40.000 VND

Dicas
– existem dois tipos de trem para Sapa: o oficial que você compra na ferroviária e custa US$ 30 e os turísticos. Existe um que também é vendido na ferroviária e custa US$ 35, os outros você tem que comprar nas agências de turismo e custam dai para mais.
– se possível, planeje ir no final de semana porque é quando tem o mercado de Bac Há que dizem é interessantíssimo porque todas as minorias vão estar presentes. No sábado também tem mercado. É claro, que o movimento de turistas é bem maior.
– Se estiver vindo da cidade, do lado direito do lago tem o supermercado mais barato da cidade e mais barato até que o supermercado de Hanói. Não me lembro do nome.
– se comprar a passagem de trem, tenha muito cuidado na ferroviária quando for tomar o trem. Não mostre ou entregue sua passagem para ninguém na plataforma. Para entrar você mostra o bilhete na porta para uma pessoa uniformizada. Para entrar no trem novamente tem uma pessoa uniformizada e é só. Está cheio de vigaristas.
– em Sapa tem uma opção nos restaurantes muito interessante: set menu que tem uma entrada, prato principal, acompanhamento e sobremesa. Às vezes inclui a bebida. O preço é bom. Vai de 90 a 120K VND (US$ 10).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s