Nha Trang – a praia dos russos

Praia de Nha Trang, comprida e larga e branquinha. Mar tranquilo.
Viagem em ônibus leito, curta e tranquila. Vários locais e alguns turistas e sem problemas. É claro que o ônibus para o tempo todo para subir e descer gente, mas ninguém foi sentado no banquinho no corredor ou no chão. No meio do nada, perto de umas árvores o ônibus parou. Desceram todos os locais e foram fazer xixi. Alguns atrás da árvore e outros na frente mesmo. Até um turista desceu. Homens e mulheres.

Saindo de Mui Ne, fomos para Nha Trang. De uma praia cheia de russos para outra praia cheia de russos. Eles dominam. A gente anda pela rua e sente que a qualquer hora um vai sair correndo atrás do James Bond. Eles todos tem cara de perseguidores de agente secreto. E as mulheres são de dois tipos: branquinhas, lindas e loiríssimas ou com jeito de vagabunda. Isso as novinhas. Como na Rússia agora começa o tempo mais quente eles estão indo embora então é baixa temporada. Mesmo assim tem russo pra danar. Tudo escrito em russo de novo. Ficamos em um hotel muito bom por ser baixa temporada. Perto da praia, 20 minutos do shopping, 1 minuto do KFC e uma caminhada até a Lousiene Brewhouse – um lugar ótimo que aluga as cadeiras e o guarda sol por dia a US$ 2. Se você consumir fica grátis, mas as coisas são muito caras. Ficamos em Nha Trang quatro noites. Hotel bom e barato, praia boa, descansamos um pouco, lavamos toda a roupa, brigamos um pouco afinal são seis meses convivendo 24 horas por dia e viajar desse jeito gera stress. A cidade é destino turístico número um no Vietnã e também um porto importante. Tem inúmeros restaurantes de frutos do mar a preço razoável (para padrões Brasil muito baratos), ficamos no quadrilátero turístico cheio de opções de hotel, bonito, cheio de lojas bonitas. Tem um calçadão muito bom e você pode andar por quase toda a extensão da praia, todos os 7 km. Como tem muita praia os resorts não conseguem fechar tudo e sobra espaço para todos.
Primeiro o que viemos fazer: turismo.

Depois o descanso e a praia. Pegar bronze novamente, para o Carlos significa 7 km de caminhada e para mim relax e música. Foi bom. Não sabíamos o que esperava a gente na viagem para Hoi An. Ainda bem que descansamos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s