Informações práticas – Chile

O Chile para os brasileiros não precisa apresentação. É um país de grandes distâncias, problemas iguais aos nossos ou talvez menores.  As paisagens são muito diferentes das nossas e a comida, apesar de mesmo sabor, tem estilo particular deles. Santiago é uma cidade bonita, bem organizada, limpa, grande e com muitas coisas para fazer. Da capital você pode partir para o sul ou o norte. Partimos para o norte e posso dizer que valeu a pena. A paisagem muda completamente e não tem nada igual no Brasil. Os preços estão melhores que no nosso país e isso explica a quantidade absurda de brasileiros que encontramos por aqui. As estradas têm pedágios como as nossas e são boas.  Como tudo é longe e existem apenas duas empresas aéreas as passagens são caras e as de ônibus também. Estouramos o nosso orçamento aqui várias vezes. Os passeios e as entradas para os lugares são bem mais em conta que os outros lugares que passamos.

Moeda
CLP – pesos chilenos
Nessa data: US$ 1 compra 504 CLP

Atenção
Nós fizemos nossos saques no Banco do Estado. Na Ilha de Páscoa o Santander tinha  limite de 200.000 pesos e cobrava 3.000 pesos por saque então nem tentamos em Santiago.  Tem Itaú em Santiago em todos os cantos e vimos também em La Serena e Coquimbo. Não fizemos mas nos disseram que sacando do Itaú a conversão é direta de CLP para reais.

Eletricidade
220V-230V / 50 Hz
Tomada com três furos iguais, mas aceitam as nossas tomadas de dois pinos antigas (antes da tomada jabuticaba).

Comida
Chile é América Latina e tem comida que a gente come. Tem muita empanada de pino (carne, cebola, ovo, azeitona), ensopados (cazuela), bastante peixe bom e não muito caros. Não tivemos problemas para comer. Tudo muito bem feito, temperado normal e limpo. Os preços variam muito e é uma questão de decidir quanto se quer gastar. O Mcdonalds é mais barato que no Brasil. Aqui o número um custa US$ 6 / 3.100 CLP.

Transporte nas cidades
Só posso dar informação sobre Santiago e Coquimbo. Em Santiago metro e ônibus para todos os lados e bem organizado. Nunca lotados como São Paulo. Em La Serena e Coquimbo ônibus um pouco mais desgastados e com o mesmo preço da capital e é possível fazer tudo de ônibus.  O combustível custa US$ 1,7 / 850 CLP o litro.

Segurança
Não tivemos nenhum problema até agora. Dizem que é inseguro e eles não possuem armas então é aquela preocupação básica de prestar bastante atenção com seus objetos valiosos, não deixar nada valioso nos hotéis a menos que em cofre e andar com cuidado. Andamos altas horas nas ruas e não nos sentimos intimidados.

Santiago
É a capital, maior cidade do Chile e tem de tudo. Porta de entrada para o país, fica a uma hora do Valle Nevado onde é possível esquiar, uma hora e meia de Valparaiso e Vinha del Mar e tem como pano de fundos os Andes nevados. Já conhecíamos e não hesitamos em voltar e passar mais alguns dias aqui.

Como chegamos
De avião, vindos da Ilha de Páscoa em voo doméstico.

Como saímos
De ônibus para o deserto do Atacama. Voltaremos e vamos daqui para São Paulo em voo Lan.

Hotel
La Chimba – hostal localizado no bairro de Bellavista que é uma região cheia de universidades, restaurantes e bares agitados. Cerca de 10 minutos de caminhada do metro Baquedano. O albergue é tranquilo, cozinha muito bem equipada, wi-fi em todos os quartos, banheiros compartilhados recém-reformados, bonitos e sempre limpos, equipe ótima. Tivemos problemas com o nosso primeiro quarto (doble 7). Acordamos a noite e matamos uns seis percevejos. Pedimos para trocar e nos atenderam prontamente, lavaram toda nossa roupa. Café da manhã incluído e bom com pão, manteiga, geleia, café com leite ou chá, suco e frutas.
Pagamos US$ 50 / 25.000 CLP por quarto duplo com cama de casal.


Happy House Hostel
http://www.happyhousehostel.com/
Calle Moneda, 1829
Adoramos o hostel. Limpo, enorme, café da manhã excelente, wi-fi, equipe muito boa principalmente o pessoal de limpeza e café. Ficamos em um quarto com cama de casal e duas camas de solteiro, toalhas, banheiro compartilhado. Bem localizado e tranquilo. Casa antiga e bastante fria. Não ouvimos barulho mas o chão é de madeira e range quando andamos. Fizemos a reserva pelo site e sem custo algum. Fica a três quarteirões da estação de metro Los Heroes. Esse metro é o ponto final do ônibus que vem do aeroporto.
Pagamos US$ 50 / 25.200 CLP

Passeios
Fizemos o passeio anunciado pela cidade toda: Free Walking Tour. Saem duas vezes por dias, às 10:00 e às 15:00 e percorrem todos os lugares interessantes com comentários, dicas. Muito bom.
Não tem preço, trabalham com gorjetas e o guia sugere  US$ 10 /  5.000 CLP.
http://www.freetoursantiago.cl/portada.html

Fomos para Valparaiso e Vina del mar de ônibus. Os  ônibus para Valparaiso saem da estação de metro Universidade de Santiago. Saem de 15 em 15 minutos e tem duas empresas grandes: Turis-Tur e Pullman. Fomos de Pullman. Pagamos US$ 13 / 6.500 CLP ida e volta (é mais barato comprar ida e volta). A volta é vendida aberta e sem hora. É só chegar na agência e marcar o próximo horário e assento. De Valparaiso a Vina pegue um ônibus de linha na rua e desça logo depois do Relógio de Flores que marca a chegada a Vina. São uns 30 minutos e custa US$ 1,80 / 880 CLP ida e volta.  É um passeio barato e gostoso. Em Valparaiso também tem as Free Walking Tour.

Compramos um passeio para o Atacama na Pachamama. Recomendo completamente. Eles chamam o passeio de passeio mochileiro porque ficam em hotéis simples e usam um micro ônibus e passam em supermercados para fazer compras e lugares mais em conta para comer. Adoramos o passeio, o itinerário, as paradas em lugares muito bons, preocupação em economizar sempre. Tivemos um guia ótimo chamado Rodrigo e um motorista excelente chamado Leonardo. Nenhum susto e nenhum problema até o final do passeio. Paramos em São Pedro do Atacama. Fomos em apenas 8 pessoas. Fica anunciado em todos os albergues. Os passeios são em espanhol ou inglês, os equipamentos de camping necessários estão incluídos.
http://www.pachamamabybus.com/
Pagamos US$ 254 / 128.000 CLP apenas pelo transporte até São Pedro de Atacama. Todo o resto é pago a parte. No total gastamos US$ 392 / 197.500 CLP.

Vinícola Undurraga
Se você tem tempo e gosta de vinhos é interessante, eles apresentam o lugar, as parreiras, o museu deles, como o vinho é feito e armazenado e explica o que é reserva, grand reserva, etc. Achei educativo e dizem que melhor que a Concha y Toro. No final degustação. Ganhamos uma taça de presente. Para ir é fácil: vá até a Estación Central, sai e caminha até o terminal San Borja, plataforma 75 a 77, ônibus para Talagante Autopista (que via direto) e custa US$ 2 / 1.000 CLP, paga direto ao motorista e demora 30 minutos. Para em frente a entrada da vinícola no km 35 da estrada. A entrada custa US$ 16 / 8.000 CLP.

Movimentar-se na cidade
Santiago é fácil. Tem 4 linhas de metro e ônibus.  O metro custa mais caro no horário de pico (07:00 às 09:00 e 18:00 às 20:00), das 9:00 às 18:00 custa US$ 1,20 / 610 CLP. E após às 20:00 custa US$ 1,15 / 590 CLP cada trecho. Não pegamos ônibus.

Dicas
– se chegar em voo doméstico você não tem acesso ao guichê de Informações Turísticas. Só tem na saída dos voos internacionais e deve ser procurado antes de sair do desembarque. Fora não tem nada.
– para ir do aeroporto até a cidade a maneira mais barata é pegar o ônibus que sai justo em frente do aeroporto e vai até o metro. Tem várias paradas nos metros e custa US$ 2,50 / 1.300 CLP.
– não deixe de ir tomar um expresso de US$ 2 / 900 CLP em uma das lojas da rede Café Haiti ou Café Caribe que ficam ao redor da Plaza de Armas. É típico de Santiago. Só tem mulheres servindo e todas de saia curtíssima, São conhecidos como café com piernas.
– se você não ficar no bairro Bellavista pelo menos vá até lá. É onde está a cerveja mais barata da cidade, é agitado e seguro.
– vá até o Mercado Central para ver e comer. Coma nos restaurantes das laterais que são mais baratos. Os do centro é um cartel, do mesmo dono e com preços mais altos. Também é o lugar mais barato para comprar queijos (do lado de fora).
– não se esqueça de provar as empanadas. Existem as fritas e as assadas. Achamos essas últimas melhores. E as de pino as mais típicas.
– Se alugar equipamento para esqui verifique tudo antes de sair para o Valle Nevado. Os brasileiros deram azar e levaram botas de número trocado
– Em frente ao Palácio de La Moneda tem troca da guarda. Informe-se do dia e horário porque é linda.
– também é possível visitar o interior do palácio mas tem que agendar pela internet com vários dias de antecedência.

De Santiago até o Atacama
Como fizemos o tour e ficamos em hotéis escolhidos previamente pela agência abri esse item para poder listar todas as cidades / hotéis que ficamos que possam servir de referência para quem precisar.

Coquimbo
Tem supermercado grande, ATMs. Ficamos no Hostal Nomades e não aconselhamos. Hotel caindo aos pedaços, cama horrível, quarto cheirando a mofo. Wi-fi não funcionou, com toalhas e café da manhã.
Pagamos US$ 40 / 20.000 CLP

Bahia Inglesa
Perto de  centro da cidade e de Caldera  que também tem supermercado grande, ATMs. Ficamos no Centro EcoVacacional Bahia Inglesa Caja 18 em um chalé para seis pessoas, com pequena cozinha, televisão, geladeira e banheiro. O lugar é longe de tudo e não vimos ônibus para Caldera. Bom se você está de carro. Muito confortável, novo e limpo.
Pagamos US$ 30 / 15.000 para duas pessoas no chalé para seis pessoas, com desconto.

Antofagasta
Hotel Brasil – apesar do nome hotel muito meia boca. Quarto duplo com TV, wi-fi rápido e banheiro separado. Sem toalhas, sem lugar para colocar nada. Sem café da manhã. Fica no centro da cidade perto do supermercado, do Mercado Central e dos bancos.
Pagamos US$ 38 / 19.000 CLP por quarto de casal

San Pedro de Atacama
Hotel Las Kañas no início da Callejon Reales – simples, limpíssimo, não muito grande, com cozinha, equipe atenciosa, wi-fi no quarto, toalhas para quarto de casal. SP Atacama é pequeno então é perto de tudo. Excelente preço para Atacama onde tudo custa mais que US$ 40.
Pagamos US$ 40 / 20.000 CLP por quarto de casal

Como saímos
Viajamos de SP Atacama em duas etapas. Por conta dos feriados de Fiestas Pátrias os ônibus estavam todos cheios. Fomos de SP de Atacama até Calama e de Calama a Santiago. Os dois ônibus da Tur-Bus. Compramos em SP Atacama na paralela da Caracoles. Os ônibus são confortáveis mas o semi-cama não é confortável para uma viagem de 24 horas. Eles entregam dois snacks (almoço e jantar) composto de um sanduíche e uma bebida e um café da manhã de um suco e um pão com queijo. Tem rodo moço, cobertor e travesseiro mas não para durante toda a viagem. O banheiro do ônibus ficou insuportável. Em três paradas de 5 minutos nas cidades maiores os maiores eram pagos US$ 0,60 / 300 CLP.
Pagamos pelas passagens: SP Atacama -> Calama – US$ 6 / 2.900 CLP, de Calama até Santiago US$ 93 / 46.900 CLP.

Passeios
Pela Pachamama fizemos alguns passeios já inclusos no valor do transporte e a entrada sempre pagamos a parte:
– Laguna de Chaxa – Sector Soncor – Reserva Nacional Los Flamencos: Fica em Toconao, 62 kms de SP deAtacama. Fica no Salar de Atacama e tem flamingos de James (rosados), flamingos chilenos e flamingos dos Andes. Os flamingos fazem seus ninhos no lugar e a população é grande. É um dos passeios recomendados por todos. Nós gostamos muito.
US$ 5 / 2.500 CLP

– Valle de la Luna – outro passeio imperdível. As paisagens são lunares ou marcianas, todos vão ver as formações que parecem de outro planeta. Tem caminhos grandes e curtos.
US$ 4 / 2.000 CLP

– Laguna Cejar – é uma laguna extremamente salgada onde seu corpo boia sozinho. Passe protetor labial. As tours levam água doce para lavar você depois que sair. No local não tem infraestrutura. Vá de biquíni, leve toalha e anda de chinelos.
US$ 4 / 2.000 CLP

Compramos outros passeios:
Tatio Geysers
Muito bom, creio que o principal de Atacama. Muito diferente para nós que não temos gêiseres. e vale muito a pena. A saída é às 4 da manhã e o retorno é 12:30. O deserto é frio nesse horário. Pegamos -5°C. Eu estava com roupa térmica, camiseta térmica, meia térmica, duas jaquetas, gorro e luva e quase morri de frio. Eles servem café da manhã e tomei no carro com o aquecedor ligado para poder mexer as mãos. Depois de todos os gêiseres levam você até uma piscina com as águas vulcânicas e quentes. Teve gente que levou roupa de banho e entrou na piscina de água vulcânica. E não tive coragem. Tem trocadores no local. Na volta passam por uma pequena vila atacamenha chamada Machuca. Guia excelente e tudo cumprido a risca. Creio que tivemos um extra porque o guia parou para ver outras paisagens no caminho.
Compramos pela Andes Travel na Caracoles 174 e a operadora foi a CCapcha.
http://www.andes-travel.cl
Pagamos US$ 30 / 15.000 CLP
Entrada em separado: US$ 10 / 5.000 CLP

Tour Astronômico
Fomos até a agência de turismo e de fomos uns 10 minutos em van até o lugar da observação. Um astrônomo chamado Jared nos apresentou os planetas, as estrelas, o equipamento. Pudemos ver Saturno, a lua, antares e Vênus pelos telescópios. Infelizmente a noite não estava tão boa com ventos e nuvens. Durou duas horas. Nos trouxeram de volta. Teve um break com bebidas quentes, pisco, vinho e salgadinhos. Gostamos bastante. Agência corretíssima e extremamente honestos.
Compramos pela Andes Travel na Caracoles 174
Pagamos US$ 30 / 15.000 CLP

Vale do Arco Íris
Compramos pela TurisTour que é uma agência chilena e boa. Guia muito bom, ônibus limpo e confortável. Cumpriram todo o prometido. Pegaram-nos no hostel às 7:30 e devolveram às 12:30.
http://www.turistour.com/component/virtuemart/6-excursiones/1-san-pedro-de-atacama
Pagamos US$ 45 / 22.500 CLP
Entrada em separado: US$ 4 / 2.000 CLP

Dicas:
– Segundo nosso gosto os passeios em ordem de importância são: Tatio Geysers, Valle de La Luna, Lagoas Altiplânicas com Laguna Cejar e se sobrar tempo e dinheiro Vale do Arco Íris. Salar de Tara ficou fora do nosso orçamento. Cobravam US$ 120 / 55.000 CLP pelo passeio.
– SP Atacama já está em altitude e é normal sentir falta de ar. Quando os passeios vão mais alto que isso é normal sair sangue do nariz, a pele fica super ressecada e sensível, o cabelo vira uma palha de milho. Se tiver cabelo comprido traga um creme para pentear porque a secura e a estática são fortes. Falta de ar é constante e a cabeça fica meio mareada. Eu tive dores de cabeça terríveis até acostumar.
– Então beber muita água e comprar folha de coca no centro de SP de Atacama. Tem nas lojinhas todas. Eu não usei e quem usou disse que ajudou.
– SP de Atacama é uma pequena vila, dá pra andar a pé por tudo, tudo é perto. Não tem hotéis de luxo, mas ainda assim os preços são altos. A maioria tem wi-fi e café da manhã.
– Tem mais agências de turismo, hotéis e restaurantes que cidade. Eles tem um menu do dia com entrada, prato principal e sobremesa por US$ 14 / 7.000 CLP em média. Vale a pena se você não for cozinhar. Saia da rua principal que se chama Caracoles para achar lugares mais em conta.
– nosso lugar favorito era a Cocineria Tchiuchi na Calle Toconao 424. Vende frangos de TV inteiros ou por partes. Frango inteiro US$ 10 / 4.800 CLP
– Não existem supermercados, apenas mercadinhos minúsculos e os preços são altos. Creio que 20% mais caros que Santiago. O mais barato que achamos foi o Supermercado El Sol no início da Domingo Atienza.
– Para os passeios leve sempre um lanche leve ou fruta porque os do período da manhã voltam 12:30. Se você sair muito cedo vai estar com fome.
– Pagamos tudo em pesos então não sei se aceitam cartão de crédito internacional nos restaurantes e mercadinhos e creio que sim porque é uma cidade muito turística.
– Em SPA existe ATMs do Banco Estado que não cobram taxas por saque.
– Para todos os passeios levar sempre: – máquina fotográfica (é claro), óculos de sol, chapeú, protetor solar e protetor labial.

3 comentários sobre “Informações práticas – Chile

    1. vcteixeira

      Voltamos a Santiago dia 17.09, terça-feira. Você chega antes creio mas se precisar alguma informação de outros hotéis é só pedir porque pesquisamos vários e inclusive visitamos. É claro que você não é mochileiro mas vale a pena usar o ônibus para sair do aeroporto. E estamos amando o Atacama. É tudo de bom. Abraços.

      1. Francisco Carlos dos Santos

        Vânia, obrigado, já havia reservado o hotel (queria mais barato, mas acho que tem um “cartel 4 estrelas” no hotéis.com), vamos ficar no hotel Gen, tel 56-2-5986814, Avenida Portugal, 415, Santiago. Na terça talvez iremos a Viña/Valparaíso. Mas à noite podemos jantar (prá não mexer no orçamento de vocês deixo ao vosso critério), ou mesmo uma cervejinha. bj… Xico

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s