Akumal – mergulhando com as tartarugas

Como nós não temos máquina, peguei do pathofpearls.wordpress.com
Como nós não temos máquina, peguei do pathofpearls.wordpress.com
Fizemos novos amigos na praia
Fizemos novos amigos na praia

Akumal era um dos destinos já escolhido por nós porque sabíamos que lá era possível nadar com as tartarugas. Todo mundo avisa e todo mundo sabe já que o nome em Maia quer dizer “Lugar das Tartarugas”.

Até a placa anuncia as tartarugas
Até a placa anuncia as tartarugas

Essa foi a nossa escolha para o sexto dia em Playa del Carmen. Saímos cedo, com nossa indefectível mochila com sanduíches de queijo, água, snorkel e todos os outros apetrechos para a praia. A van sai de PDC e demorou pouco para chegar lá. Sabíamos que a praia era grátis e que snorkeling para ver as tartarugas em Akumal Bay também, mas fomos abordados assim que saímos da van por homens que queriam nos mostrar onde as tartarugas estavam e depois novamente por alguém alegando que a gente era obrigado a ter uma excursão para mergulhar. Tudo isso por um preço, é claro. Sabíamos que tudo isso era bobagem e agradecemos. Na verdade se você for bom de praia nem precisa de equipamento. Difícil é encontrar a praia. Andamos algum tempo para lá e para cá meio perdidos. Havia uma família na nossa frente que também estava procurando a praia. Uma vez avistada, você não tem que ir muito longe para ver as tartarugas marinhas. Elas estão aos montes nesse pequeno espaço juntamente com várias arraias. É só ver um amontoado de snorkels, ou um guia e correr para lá porque é onde estarão as tartarugas. Nós vimos muitas sem ter que seguir ninguém, apenas nadando para lá e para cá.
A praia de Akumal é bonita e não tem ondas porque é uma baia. Akumal tem um recife ou barreira ao largo da costa. As ondas quebram ao longo da barreira e transforma a praia em uma lagoa. Assim a alguma vegetação cresce no fundo arenoso e creio que isso atrai as tartarugas porque elas estão sempre comendo o matinho.

Tartaruga marinha procurando alimento
Tartaruga marinha procurando alimento

De resto não tem mais nada para falar do lugar. A praia é linda, o mar é do Caribe, as águas são transparentes, o sol e o dia foram generosos conosco e ficamos lá o dia todo.

A mesma família que estava perdida conosco na entrada se estabeleceu na nossa frente. Era domingo e eles vieram de Cancun para passar o dia. Logo que vi pensei: farofeiros. Tive que me arrepender quando eles começaram a fazer o picnic e fizeram questão que eu fizesse parte (Carlos estava caminhando na praia). Me deram uma pratada de macarrão e refrigerante que estava uma delícia e que me fez engolir o pensamento maldoso anterior. Quando o Carlos voltou conversamos, ficamos amigos e até dividimos o snorkel (eles não tinham).

E assim passamos mais um dia no paraíso. Voltamos a tardinha cansados, felizes e prontos para Cancún na segunda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s