Grand Canyon – deslumbrante

Nós entrando no parque
Nós entrando no parque

O Grand Canyon é um parque de 4.926.08 km2, reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, considerado uma das sete maravilhas naturais do mundo e que fica no Arizona. É um ícone dos Estados Unidos, lugar visitado por mais de cinco milhões de pessoas por ano. O parque é tão grande que tem o lado oeste, leste, sul e norte. O lado sul é o mais acessível, é onde fica a passarela de vidro, de onde saem os voos de helicóptero para ver o lugar do céu, é cheio de turistas e muito mais conhecido.
Para nossa sorte estávamos mais perto do lado norte, conhecido como Grand Canyon North Rim, e muito menos turístico e visitado. Ele é menor, tem menos estradas de acesso, mas tem algumas vistas maravilhosas acessíveis por carro. Foi uma experiência mais rústica, mais voltada para a natureza e tranquila. Não encontramos sequer dez pessoas durante todo o dia.
Eu já conheço o lado sul e posso dizer que é um parque totalmente diferente. A altitude é 300 m maior, geralmente mais frio, e como chegamos durante o inverno estava um frio medonho com ventos fortíssimos. Ao invés das pequenas árvores do lado sul é cheio de coníferas enormes.
Conforme íamos em direção ao parque, no meio da floresta tão densa, não era possível imaginar que o cânion estava ali do outro lado de tantas árvores. Assim que estacionamos fomos correndo para o precipício mais próximo e ficamos lá olhando em espanto. O cânion parece continuar até o infinito à sua frente com cores e luzes diferentes a cada olhada.
Esse também é um lugar indescritível e para o qual nenhuma foto faz jus, mas tentamos assim mesmo.

Passamos o dia todo, fizemos nosso lanche de sempre (pão com queijo), entramos várias vezes no carro para esquentar. Não nevou, mas fez muito frio. Fomos até o famoso Lodge que estava fechado. Aliás, nem tivemos que mostrar nosso cartão de entrada porque até os oficiais do parque estavam em casa. No inverno nada funciona. Nem o restaurante. O que não é problema para nós que sempre levamos água, comida, frutas e sobremesa. Principalmente estando de carro. O centro de visitantes estava aberto e nos deram mapas, informações e recomendações.

Fim do dia. Voltar para Utah, para Kanab e para o hotel para descansar para o próximo parque do dia seguinte.

Voltando a Utah
Voltando a Utah

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s