Informações práticas – Brasil

O Brasil vai ser toda uma nova uma experiência para nós. Sempre viajamos aqui como turistas. Com pacotes, com tudo pronto, sem muita experiência para comparar com os outros lugares do mundo. E para todos os amigos daqui, não precisa de apresentações.

Moeda: Real
Eletricidade: Tem de tudo. Cada cidade é uma surpresa. No geral 110 Volts / 60 Hz.

Bonito – MS
É uma cidade pronta para o ecoturismo e dizem que é um polo em nível mundial. Na verdade o turismo fica ao redor de Bonito e inclui as cidades de Jardim, Bodoquena e a Serra da Bodoquena (que é parque nacional) e Laguna. A cidade tem uns 20.000 habitantes, mas tem toda a estrutura turística. Deve ter a maior quantidade de agências de turismo, hotéis e pousadas por metro quadrado do estado. E os lugares lindos. E aí é só. Não tem cinema, teatro ou qualquer outra coisa cultural. A noite a saída e ir comer e beber nos vários bares e restaurantes da rua principal. A rua principal é uma graça mas é só. E, acima de tudo, Bonito é uma cidade cara. os passeios são caros, o transporte é caríssimo, os restaurantes são a preços de SP capital. E tudo combinado, tudo o mesmo preço. Não tem como escapar.

Como chegamos
De avião, vindos de São Paulo pela Gol em voo fretado que só voa aos sábados. A TAM também faz voos fretados e a Azul voa duas vezes por semana (quartas e domingos), mas sai de Campinas. Outra opção é ir até Campo Grande e de lá pegar um ônibus, van ou táxi, enfrentando umas quatro horas de viagem e pagando R$200 por pessoa (van compartilhada).

Como saímos
Com o mesmo avião da Gol fretado pela CVC.

Hotel
Lucca Hotel Pousada
http://www.luccahotelpousada.com/
Excelente localização, bom hotel. Ficamos uma semana no hotel.
Prós:
– a localização. Três quarteirões da rua principal onde tem de tudo em Bonito
– o café da manhã que começa às 6 am. Muitos hotéis e pousadas começam o café depois do horário marcado para os passeios então os hospedes ficam sem café da manhã
– café da manhã excelente com ovos, queijos, frutas, bolos, pães caseiros
– frigobar no quarto, vazio, apenas para nosso uso
– quarto é limpo diariamente, fornecem sabonetes e a roupa de banho foi trocada uma vez na semana
– todos os dias, no final da tarde, no horário da volta das excursões eles fazem pipoca quentinha que ficam nos esperando no lobby do hotel
– atendimento excelente em qualquer horário do dia
– tem bicicletas para alugar no preço mais barato da cidade (R$ 10 / US$ 3.5) o dia todo
Contras:
– ficamos no quarto de número 1 (2 é igual), perto da cozinha e a barulheira começava às 5 da manhã
– no banheiro não tem lugar para colocar shampoo e outras coisas. Tudo tem que ficar no chão
– nós sentimos falta de um armário ou gaveta para poder desfazer as malas
– wifi grátis, mas muito fraco
Recomendamos muito.


Passeios
Em Bonito, existem três tipos de passeios: flutuação, cavernas, cachoeiras. O único tipo que não vi em nenhum outro lugar do mundo foi a flutuação. Se você tem pouco tempo / dinheiro recomendo fazer uma flutuação. Todo o resto existe fora de Bonito e talvez até com melhor custo / benefício já que a cidade é cara.

Flutuação: fizemos duas sendo a melhor a do Rio da Prata

Recanto Ecológico Rio da Prata
Se seu orçamento ou tempo permitir apenas uma flutuação em Bonito, faça essa. Creio que é a melhor. Nosso guia Panda ainda deixou tudo melhor. O lugar é encantador, organizado (como todos os passeios de Bonito) e o passeio dura umas quatro horas. Na chegada você tem chance de trocar de roupa nos vestiários, colocar a roupa e botas de neoprene, colete salva vida que já estão incluídos no preço do passeio e testar o snorkel. Uma caminhonete aberta leva você até o início da trilha passando por pastagens, vacas, ovelhas, pássaros. A parte difícil é andar cerca de 40 minutos em roupa de neoprene, no calor, até o começo da flutuação. Depois de uma breve explicação sobre o equipamento e o que vamos fazer caímos na água. A água é fria no começo, mas a beleza é tanta que você nem nota. Água cristalina, vários tipos de peixe e algumas nascentes de água que parecem vulcões dentro da água. A correnteza te leva. Não precisa fazer esforço nenhum. Uma parada na nascente principal e continuamos para o Rio da Prata propriamente dito. O Rio da Prata é mais frio, mais turvo e tem os mesmos peixes. Nesse ponto você pode optar por ir de barco ou continuar a flutuação. Continue, vale a pena. Suas roupas e coisas te encontram ao final do passeio. Leve toalha. Tem bons vestiários. Depois de flutuar pode almoçar tomar seu lanche e descansar no redário. Voltamos ao entardecer, com por do sol e inúmeros animais pelo caminho.
Pagamos R$156 / US$44 cada uma na baixa temporada. Transporte compartilhado R$70 / US$20
Excluímos o almoço que custa R$48 / US$14 cada. Leve um lanche.

Barra do Sucuri
Essa seria nossa segunda opção para flutuação. A primeira é o Prata. Se não quiser gastar muito e tem pouco tempo pode passar.
Pros:
– receptivo ótimo, lugar bonito, cheio de pássaros, cotias, peixes
– eles fornecem a roupa de neoprene, botas, máscara e o snorkel
– antes de entrar no barco eles fazem um pequeno treino com as máscaras e o snorkel
– nós subimos o rio em barco por 1.5 km, com os turistas remando e depois são 40 minutos descendo na correnteza flutuando
– a água é clara, transparente, mas com poucos tipos de peixe, muitas conchas e vegetação, rio tranquilo
Contras:
– snorkel muito ruim. Ficava entrando água a todo momento
– não tem guias que falem inglês
– custo-benefício médio
Pagamos R$125 / US$35 na baixa temporada. Transporte compartilhado R$65 / US$18

Grutas / Cavernas: fizemos duas sendo a melhor a Gruta de São Miguel, mas a Gruta do Lago Azul é o cartão postal então é imperdível

Grutas de São Miguel
Nós gostamos mais desta gruta do que da Gruta do Lago Azul. Se quiser fazer as duas, faça no mesmo dia porque são muito próximas e o transporte deve ficar mais barato. O passeio demora apenas meio período do dia, bem tranquilo, sem muitas escadas. Na chegada é possível avistar as araras vermelhas que ficam por ali e vem comer no local. Oferecem café na chegada, capacete e um vídeo de apresentação. Uma pequena trilha com passarelas suspensas até chegar à entrada da gruta. Os guias são muito bem informados e o assunto é bem interessante. Considerando as grutas, essa tem mais visual e informação que a do Lago Azul. É um passeio secundário em Bonito porque o melhor da cidade são as flutuações. Roupa normal, sapatos fechados. Leve um lanche. Fornecem uma lanterna para cada duas pessoas para visualizar a gruta.
Pagamos R$45 / US$13 na baixa temporada. Transporte compartilhado R$13 / US$13

Gruta do Lago Azul – Cartão postal de Bonito
Uma gruta normal, pequena e que tem um lago com água de tonalidade azul extraordinária que, no entanto, só pode ser apreciado se o sol entrar na gruta. Não é permitido entrar na água. Não é a melhor atração da área, mas é tão falada que é impossível deixar de visitar. Creio que o melhor horário é entre 8:00 e 9:00 am que é quando o sol bate no lago. O passeio consiste em vestir o equipamento (capacete), andar por uma trilha, descer muitas escadas, ver o lago e retornar. Tudo super-rápido. Pode usar qualquer roupa e calçado de caminhada.
Prós:
– seguro e bem organizado, mas sempre cheio e o encontro entre grupos nas escadas é inevitável
– nosso guia no local era conhecedor da matéria: Panda
Contras:
– precisa preparo físico porque é uma escadaria grande
– passeio muito rápido, dá até a impressão que você está sendo pressionado para terminar logo
– você tem alguns minutos para ver o lago e fotografar
– ninguém avisa qual é o melhor horário, mas sem sol é desperdício de dinheiro
– a menos que você tenha câmera apropriada, ou seja, um bom fotógrafo as fotos vão ficar horríveis
– o custo do transporte até o local
– difícil achar algum guia que fale inglês
Passeio custa R$45 / US$12 e o transporte R$45 / US$12 em van compartilhada na baixa temporada.

Cachoeiras: fizemos dois passeios sendo o melhor o Boca da Onça Ecotour

Boca da Onça Ecotour
Se você tiver pouco tempo ou pouco dinheiro essa é a escolha para fazer trilha e ver cachoeiras. As cachoeiras são as melhores e o passeio também é o que dura mais. A vista da cachoeira é de tirar o folego. A estrutura do lugar é ótima com animais passeando pelo local, redário, receptivo muito bom. Turmas pequenas de turistas com apenas 20 pessoas. Tem uma linda piscina (que não dá tempo de usar) e vestiários bons.
Leve toalha, uma troca de roupa, vá com biquíni por baixo, botas de trilha e se for possível câmera a prova d’água. O passeio começa com uma explicação e com a assinatura de termos de responsabilidade. Depois somos levados até a plataforma de rapel em uma caminhonete. Não fizemos o rapel, mas pode ser comprado a parte. A vista da plataforma de 90 metros já é deslumbrante. Ali começa ou termina o passeio dependendo da escolha do guia. 886 degraus em descida, várias outras escadarias e paradas para nadar em 4 cachoeiras sendo a mais interessante “O buraco do macaco” que fica dentro de uma caverna e a mais bonita a que dá nome ao local: “Boca da Onça” com 156 metros bem no meio da selva. Nosso guia, Clendisso, soube tirar as melhores fotos conosco e era muito bem humorado. Foram quatro horas de trilha, cachoeiras e paisagens. Não avistamos nenhum animal.
Contras:
– almoço obrigatório incluído. Fomos a última turma a almoçar. O almoço fica lá desde manhã e eu tive desarranjo intestinal
– difícil achar um guia em inglês
Pagamos R$163 / US$46 cada um na baixa temporada com almoço e R$60 / US$16 no transporte compartilhado

Estancia Mimosa Ecoturismo
O principal atrativo da estância é sua trilha de cerca de 4 km com 7 cachoeiras para banho. O receptivo é bom, bem organizado, o equipamento para nadar (roupa de neoprene) e as botas para caminhada são alugadas a preços módicos. Não é permitido ir com chinelos. Sapato fechado e bom para trilhas. Todo o percurso é feito dentro da mata então não creio ser necessário boné ou protetor solar. Também não é um passeio para gente que não está preparada fisicamente. São muitas escadarias de sobe e desce. Use um biquíni por baixo da roupa, leve toalha e uma troca de roupa. Uma parte do trajeto até o começo da trilha é feito por uma caminhonete e outra parte na trilha é feita em barco a remo.
Pros:
– a estância é um lugar muito bonito cheio de natureza e cachoeiras
– a recepção, os atendentes e o guia são ótimos
– não é um passeio apressado
– as cachoeiras são muito bonitas e foi possível nadar em quase todas com acesso fácil e com coletes disponíveis
– uma delas permite um salto de 6 metros de altura com segurança
– como quase todos os passeios na cidade, na sede têm redes para o descanso
– tem alguns jacarés que ficam na lagoa, sendo possível avistá-los
– na chegada oferecem chá com chipas (pão de queijo regional em formato de ferradura)
Contras:
Faça esse passeio como segunda opção. Sendo a primeira a Boca da Onça que tem as cachoeiras mais famosas. Considerando que todos os passeios são caros e esse requer um dia.
– opção de almoço a R$48 / US$ 13 por pessoa, um pouco caro. Compre o passeio sem o almoço. Leve um lanche.
– as cachoeiras são bonitas ainda que de pequeno porte
Pagamos cada um R$92 / US$26 na baixa temporada e R$40 / US$11 o transporte compartilhado.

E alguns passeios que podem ser feitos se sobrar tempo e dinheiro e não são obrigatórios.

Balneario Municipal
Deveria ser grátis. Como não é eu não recomendo. Para os bonitenses é grátis, mas para o turista é cobrado. É tão chocante quanto ter que pagar para entrar no Parque Ibirapuera ou no Central Park. Na baixa temporada: R$30 + R$50 / US$23 . Fecha às 16:30. Fica a 7 km da cidade e tem ciclovia. É possível ir de bicicleta ou até a pé. Vale a pena já que o transporte custa R$50. Se não tiver nada o que fazer na cidade é uma opção. Caso contrário não vale o custo. Tem o rio Formoso cheio de peixes e de água cristalina, mas é o mesmo que você verá em todos os outros passeios de flutuação. Tem alguns macacos fazendo macaquices e roubando coisas. Tem quiosques de comida, banheiros, lugares para alugar roupa para a flutuação e guarda vidas. É um lugar bem cuidado e você pode passar o dia todo. Não é um lugar feio ou ruim, porém é completamente dispensável.

Buraco das Araras
Passeio muito caro (R$58 entrada + R$70 transporte = US$36 preços de baixa temporada) para fazer uma trilha pequena, plana e tranquila e chegar perto de um buraco de 500 m de diâmetro por 127 m de profundidade. É monumental, mas não vale a distância e o valor. E pode acontecer de não ver arara alguma. Se vir serão as mesmas araras que você pode ver na Estância Mimosa ou em outros lugares por perto. Mesmo se tiver tempo e dinheiro sobrando ainda assim nós não recomendamos.

Dicas
IMPORTANTE: Bonito possui um sistema de turismo autossustentável muito bem organizado e todos os passeios tem limite máximo de visitantes por dia e as visitas são feitas em grupos pequenos, com quantidade limitada. Se for alta temporada, faça suas reservas com antecedência ou ficará sem as melhores opções.
– fuso horário em Bonito é de uma hora a menos em relação à Brasília
– os passeios nas trilhas em cavernas, só podem ser feitos de tênis, papete ou com botinhas de neoprene. Os tênis são excelentes para a caminhada, mas depois que você entra na água fica complicado. As botinhas eles alugam. Fui de Crocs.
– sentimos muita falta de uma câmera aquática ou uma proteção de acrílico para a nossa câmera porque muitos passeios são em bote, na água, na cachoeira ou flutuando. Ficamos sem fotos. Eles alugam câmeras mas sai quase o preço do passeio.
– máquina fotográfica com bastante zoom porque tem enorme quantidade de aves e jacarés mas você tem que ter zoom para fotografar
– sentimos falta de binóculo
– só tem Bradesco, Caixa Econômica e Banco do Brasil na cidade.
– todos os passeios são tabelados. O que pode variar muito pouco é a comodidade e o preço do transporte. Assim que chegar já visite duas ou três agências para decidir. Cheque tudo. Não acredite em nada que eles dizem por que é uma máfia. Faça suas próprias escolhas.
– levamos nosso snorkel e foi bom porque não precisamos alugar no Balneário e nas cachoeiras eles não fornecem.
– nunca beba água que não seja mineral. A água da cidade contém muitos minerais que poderá ocasionar alguns desarranjos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s